A Gallo Worldwide utiliza cookies nos seus sites para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Saiba mais sobre Cookies

Benefícios do Azeite

O azeite vs outras Gorduras

Gorduras
Existem gorduras de origem animal, como as manteigas e a banha de porco e gorduras de origem vegetal, que englobam as margarinas,os cremes vegetais para barrar, os óleos e o azeite.

Na composição química de cada gordura estão essencialmente presentes três tipos de ácidos gordos: saturados, polinsaturados e monoinsaturados.

Os ácidos gordos saturados são piores para a saúde pois são difíceis de digerir e podem causar problemas no sistema circulatório;
Os ácidos gordos monoinsaturados são os que o organismo melhor tolera ao serem os mais "equilibrados" e, como tal, os melhores para a saúde porque são suficientemente estáveis e raramente originam lesões celulares (não promovendo a formação de radicais livres) e são facilmente digeríveis. O seu consumo está associado com a diminuição da fração LDL do colesterol sanguíneo ("mau colesterol") e com a manutenção da integridade celular;
Os ácidos gordos polinsaturados são facilmente digeríveis mas oxidam mais facilmente no organismo que os monoinsaturados, formando radicais livres (compostos que reagem com o oxigénio, não sendo tão benéficos para as células).

Que tipo de gorduras nos fornecem os alimentos?
• Gordura Saturada
• Gordura Polinsaturada
• Gordura Monoinsaturada
• Ácidos Gordos trans
• Gordura Hidrogenada

Importância das gorduras
As gorduras encontram-se em todas as células animais e vegetais e podem sintetizar-se a partir dos hidratos de carbono. Nem todas as gorduras são prejudiciais e não devemos abdicar da sua presença na nossa alimentação pois são a principal fonte de energia. No contexto de uma alimentação saudável, as gorduras provenientes de diferentes alimentos são essenciais ao bom funcionamento do nosso organismo e, quando consumidas nas proporções recomendadas (não excedendo os 30% do valor energético diário), são bem toleradas e têm diversos efeitos benéficos.

Por sua vez, as gorduras são uma fonte de energia e ácidos gordos essenciais (linoleico e linolénico), ajudando na absorção de algumas vitaminas lipossolúveis (vitaminas A, D, E, K).

No entanto, quando consumidas em excesso e desregradamente, os efeitos prejudiciais são muitos e rapidamente se fazem sentir no nosso estado de saúde e bem-estar.

O azeite vs outras gorduras
As gorduras de origem animal como a manteiga e a banha, caracterizam-se pela dominância dos ácidos gordos saturados na sua composição (sólidas à temperatura ambiente).

As gorduras de origem vegetal como as margarinas e os óleos, caracterizam-se pela forte presença de ácidos gordos polinsaturados (líquidos à temperatura ambiente) na sua composição gorda.

O azeite é também uma gordura vegetal, mas a única que é maioritariamente formada por ácidos gordos monoinsaturados (principalmente ácido oleico). Para além da sua composição gorda única, o azeite é também é rico em polifenóis* que contribuem para a proteção de lípidos no sangue contra as oxidações indesejadas. São estas duas características que tornam o azeite na gordura mais saudável.

*o efeito benéfico é obtido por uma dose diária de 20mg de azeite.

Pode substituir o uso de margarina / manteiga por azeite, de acordo com as seguintes equivalências:

Tabela_Conversao_margarina_azeite
Por outro lado, o azeite tem também outra vantagem face às restantes gorduras: é a única gordura obtida única e exclusivamente por processos mecânicos, sem qualquer tipo de aditivo.

O azeite

Sumo oleoso extraído de azeitonas sãs e em perfeitas condições de maturação, por processos unicamente mecânicos, líquido à temperatura ambiente, de cor entre o verde e o amarelo.

tabela_valores_nutricionais_2015

O óleo

Os óleos vegetais são líquidos oleosos extraídos de plantas oleaginosas, em geral das suas sementes ou frutos. Posteriormente, passam por processos químicos e físicos de refinação.

A margarina

A margarina e os cremes vegetais são uma emulsão (uma mistura homogénea) de água em óleos 100% vegetais.

O processo de produção de margarina e dos cremes vegetais para barrar consiste em misturar óleos vegetais com água e sal. Posteriormente esta mistura é gradualmente arrefecida e a emulsão torna-se semi-pastosa. Atualmente, o processo de produção da margarina não passa pela fase de hidrogenação e por isso não contem gorduras trans. Por lei, para se designar "creme vegetal" este deverá ter um valor de gordura inferior a 80%. Se tiver um valor de gordura superior a 80% e um máximo de 16% de água, designa-se por margarina.

A manteiga

A manteiga é feita com a fração gorda do leite. É feita a partir das natas do leite e pode ou não levar sal. Atualmente é obtida exclusivamente pela batedura e malaxagem de natas pasteurizadas e derivadas exclusivamente do leite de vaca.

Em primeiro lugar, o leite é desnatado sendo aproveitadas as natas. Estas são pasteurizadas e batidas e a gordura é separada do que resta de leite dando origem aos grãos de manteiga; posteriormente a manteiga é lavada, salgada e por último amassada. A malaxagem considera-se completa quando a manteiga perde o aspeto granuloso, e apresenta textura uniforme e cremosa.

Siga-nos
em todo o mundo
Contacte-nos
para qualquer informação Contacte-nos